fbpx

SOBRE NÓS

Camilla Lima é professora, articuladora cultural e mora na Vila Fundão. Na universidade, Camilla despertou para a luta estudantil. Foi presidente da União da Juventude Socialista de São Paulo, momento em que liderou protestos contra o aumento da tarifa em 2013.  É professora de português da rede estudual no Capão Redondo e faz parte da Agência Popular Solano Trindade – um empreendimento cultural de fomento e fortalecimento da economia criativa. Camilla Lima também desenvolve trabalhos nas áreas de audiovisual e produção cultural, frequenta os saraus da Zona Sul e sambas da periferia e do centro da cidade. Durante a pandemia, organizou uma rede de solidariedade na Vila Fundão junto com lideranças do território e do Instituto Vila Fundão.

Acompanhe a bancada feminista nas redes sociais:

Cadastre-se