fbpx

SEM CIÊNCIA NÃO HÁ FUTURO

Manifesto da Bancada Feminista de São Paulo em defesa da pesquisa e das universidades paulistas

O horizonte desafiador que se desenha para o mundo pós-covid revelará, mais uma vez, quem são aqueles e aquelas que estão ao lado do povo. É nesse contexto que vimos a público manifestar nosso repúdio ao Projeto de Lei (PL) 529/2020, de autoria do governador João Dória, que pode retirar até R$ 1 bilhão do orçamento das universidades estaduais paulistas e da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo).

Sob a justificativa de “sobra” de recursos, o referido projeto de lei propõe em seu artigo 14 que o superávit financeiro das instituições seja transferido para a Conta Única do Tesouro Estadual ao final de cada exercício, o que por si só já demonstraria uma afronta à autonomia universitária. No entanto, vale ressaltar que o que o governo Dória trata como sobras são, na verdade, reservas financeiras de pesquisas de médio e longo prazos, e, portanto, sua execução financeira ultrapassa os doze meses do exercício orçamentário.

A emergência em saúde causada pela pandemia do novo coronavírus e o papel preponderante dos cientistas e pesquisadores no combate aos seus efeitos têm deixado evidente o papel da ciência na solução dos problemas da sociedade. É preciso destacar que esse orçamento foi responsável pelo sequenciamento genético do novo coronavírus na Universidade de São Paulo.

É constrangedor que, justo neste momento, as universidades sejam atacadas por quem deveria valorizá-las. A asfixia do financiamento da pesquisa fere de morte a ciência e configura-se um ato só comparável ao obscurantismo que nega a ciência como ferramenta para transformação da sociedade.

Nos dias de hoje, mais que nunca, a ciência é essencial para o desenvolvimento econômico, social e humano. E para isso é necessário haver atenção dos governos e investimento público nas instituições de ensino e pesquisa. É por isso que a Bancada Feminista convida toda a comunidade científica e a população em geral para assinar este Manifesto em defesa da ciência, da pesquisa e da vida – contra a aprovação do PL 529/2020.